Telefone: (54) 3232-2779 Telefone: (54) 9 9191-8004
Endereço: Rua Pinheiro Machado, nº 719 - Sala 502 - Sarasvati - Vacaria/RS - 95200-000

Por que se vacinar contra a Febre Amarela?

 

Você sabia? Fabre Amarela Mata.

É uma doença viral infecciosa grave, transmitida aos homens e macacos através da picada de um mosquito (infectado com a febre Amarela), o Aedes Aegypti.

O aumento da temperatura favorece a reprodução dos mosquitos transmissores e, por consequência, o potencial de circulação do vírus,

De acordo com números divulgados pelo ministério da saúde, de 1º de janeiro a 8 de novembro de 2018 foram registrados 1.311 casos e 450 mortes, quase o dobro do identificado no mesmo período do ano anterior, 736 casos e 230 mortes.

Há uma possibilidade de um alto índice de casos de febre amarela no Brasil durante o verão. Esta previsão se dá pelo cenário de baixa cobertura vacinal. Por isso, a vacinação é fundamental.

 

Não existe tratamento, e alguns medicamentos como os salicilatos ( Aspirina, AAs…) devem ser evitados, assim como alguns anti-inflamatórios (Ibuprofeno, naproxeno) pois podem aumentar o risco de hemorragia (sangramento); um dos sintomas da doença. Outros sintomas como febre, dores no corpo e dor de cabeça podem ser aliviados quando o médico indica algum analgésico ou antitérmico. O médico, não você ou algum conhecido.

Febre Amarela é uma doença séria e a automedicação pode acabar piorando o quadro.

Então ao sentir algum dos sintomas, como febre súbita, alta e persistente, calafrios, fadiga, dores no corpo, dor de cabeça intensa, náuseas e vômito, ictericia (olhos, mãos e pés amarelados), hemorragia procure imediatamente atendimento médico.

Como posso me proteger da Febre Amarela?

A maneira mais eficaz de proteção contra a febre Amarela é a vacinação, deve ser feita em bebês a partir dos 9 meses de idade, adolescentes e adulto. O uso de repelentes, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo também são medidas de prevenção.

A vacina contra febre amarela só não pode ser aplicada em alérgicos à proteína do ovo em pessoas com contra-indicações médicas.

Transmissão da gripe H1N1

Popularmente conhecida como gripe suína, a Influenza A (H1N1) é bem parecida com a gripe comum, no entanto, pode causar danos mais graves ao sistema respiratório.

A gripe é causada pelo vírus Influenza A H1N1 que se propaga com muita rapidez, principalmente durante o inverno. Nesse período, as pessoas costumam se aglomerar e ficar mais próximas umas das outras, facilitando que o vírus se espalhe.

A H1N1 ganhou as manchetes do mundo inteiro e foi declarada uma pandemia em 2009. Com as medidas de contenção, as ocorrências da doença diminuíram com o tempo. Atualmente, a gripe H1N1 continua circulando entre os humanos como um vírus de gripe sazonal.

Confira agora os principais sintomas, métodos de prevenção e como acontece a transmissão da gripe H1N1. Leia mais

Saiba tudo sobre vacina antitetânica

O tétano é uma infecção bacteriana que causa dores musculares intensas e pode levar à morte. De acordo com o Ministério da Saúde, o índice de mortalidade da doença é de 33,1%. Graças a aplicação da vacina antitetânica é possível controlar e diminuir os casos da doença. Ainda assim, é essencial aplicar todas as doses na infância e realizar o reforço da vacina a cada 10 anos para manter a imunização.

Para entender mais sobre a doença e como funciona a vacina antitetânica, continue a leitura deste artigo. Leia mais

Conheça os sintomas da rubéola

A rubéola, também conhecida como sarampo alemão, é uma infecção viral que causa uma erupção vermelha no corpo, além de outros sintomas.

É importante saber que a rubéola não é o mesmo que sarampo, embora as duas doenças tenham características em comum, incluindo a erupção vermelha. Porém, a rubéola é causada por um vírus diferente e não é tão severa quanto o sarampo.

A infecção é contagiosa e pode se espalhar de pessoa para pessoa através do contato com gotículas de espirros ou tosse de uma pessoa infectada.

Isso significa que você pode contrair a rubéola se tocar em sua boca, nariz ou olhos depois de encostar em algo que contenha gotículas de uma pessoa infectada. Outra maneira de adquirir a doença é compartilhando alimentos ou bebidas com alguém que esteja infectado.

Quer saber mais sobre a rubéola? Continue a leitura. Leia mais

Sintomas de Catapora na Adolescência

A catapora é uma doença comum na infância e bastante conhecida pelas suas típicas bolinhas vermelhas na pele. Mas você sabia que ela pode ter efeitos mais graves durante a adolescência?

Antes de conhecer os sintomas da catapora na adolescência, é preciso entender mais sobre essa doença. Causada pelo vírus Varicella Zoster, da família herpes vírus, a catapora também é conhecida como varicela. A doença é fácil e rapidamente transmitida de pessoa para pessoa pelo contato físico direto ou por meio de espirros e tosse.

Mais de 90% dos casos de catapora são registrados em crianças menores de nove anos de idade. Isso ocorre, principalmente por causa do convívio com outras crianças em creches e escolas. Leia mais

Você já ouviu falar na Vacina DTPa?

Manter o calendário de vacinação  em dia é fundamental para garantir a saúde e proteção de todos. Entre tantas vacinas, não podemos esquecer da DTPa, e é exatamente sobre ela que vamos abordar neste post. A vacina DTPa é muito segura e eficaz na prevenção da difteria, tétano e coqueluche. Essas doenças são muito graves para as pessoas, sendo que a coqueluche é uma das principais causas de morte em recém-nascidos. A vacina é composta por múltiplas toxinas da difteria e do tétano combinados com antígenos purificados da bactéria causadora da coqueluche.

Quer saber mais sobre as indicações, benefícios e principais dúvidas sobre a vacina DTPa?

Então continue e leitura! Leia mais

Sarampo no Brasil

O sarampo é uma infecção viral extremamente grave e contagiosa que pode se espalhar pelo contato com muco e saliva infectados. Uma pessoa com sarampo pode liberar o vírus no ar quando tosse ou espirra, por exemplo.

O vírus do sarampo pode viver em superfícies por várias horas. À medida que as partículas infectadas ficam no ar e se depositam nas superfícies, qualquer pessoa próxima pode ser infectada.

Desde o início de 2018, o Brasil enfrenta dois surtos de sarampo nos estados de Roraima e Amazônia. Os principais afetados são crianças entre 6 meses e 5 anos de idade. O sarampo é uma das principais causas de morte em crianças no mundo todo e, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o índice da doença aumentou no último ano. Em 2017 foram registrados 173.330 casos da doença, sendo que o maioria dos registros aconteceu no continente americano. Leia mais

HPV você sabe o que é?

O papilomavírus humano (HPV) é uma infecção viral transmitida entre pessoas pelo contato pele a pele. A doença infecta a pele e as mucosas (oral, genital e anal). O HPV é a doença sexualmente transmissível comum e afeta homens e mulheres. Uma pesquisa divulgada recentemente pelo Ministério da Saúde apontou que 54% dos jovens entre 16 e 25 anos estão infectados pelo vírus.

A infecção é tão comum que a maioria das pessoas sexualmente ativas poderá contrair o vírus em algum momento, mesmo que tenham poucos parceiros sexuais. Geralmente, o HPV é inofensivo e desaparece por si só. Algumas pessoas nem descobrem que estavam com o vírus pois ele não apresenta sintomas. No entanto, é preciso ficar atento pois alguns tipos podem causar câncer e verrugas genitais. Leia mais

Meningite no Brasil

A meningite atinge o sistema nervoso e é caracterizada pela inflamação das membranas protetoras que cobrem o cérebro e a medula espinhal.  Embora a meningite bacteriana seja muito menos frequente que a viral, é uma condição perigosa que se não for tratada com rapidez, pode deixar o paciente com graves sequelas ou levar a morte nos casos mais graves.

O inchaço da meninge geralmente leva a sintomas como dor de cabeça, febre, rigidez no pescoço, manchas roxas na pele, cansaço e apatia. Na presença destes sintomas procure imediatamente ajuda médica.

Leia mais

Você sabe o que é varicela e catapora?

A varicela também conhecida como catapora, é uma doença infecciosa e muito contagiosa. É causada pelo vírus varicela-zoster, Antes de surgir a vacina de prevenção, a catapora era uma doença muito comum na infância. Uma vez que você pega essa doença adquire imunidade para o resto da vida. Porém,  o vírus da catapora se mantém no nosso organismo durante toda a vida, em estado adormecido, podendo desenvolver  uma doença chamada Herpes-Zoster, também conhecida como cobreiro. Já falamos anteriormente, aqui no blog sobre a Herpes-Zoster.

Grupos de Risco

A varicela ou catapora é uma doença extremamente contagiosa, então toda e qualquer pessoa que permanecer por perto do doente corre o risco de se contagiar, caso ainda não tenha tido a doença ou feito a vacina. Leia mais