Telefone: (54) 3232-2779 Telefone: (54) 9 9191-8004
Endereço: Rua Pinheiro Machado, nº 719 - Sala 502 - Sarasvati - Vacaria/RS - 95200-000

Saiba tudo sobre vacina antitetânica

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

O tétano é uma infecção bacteriana que causa dores musculares intensas e pode levar à morte. De acordo com o Ministério da Saúde, o índice de mortalidade da doença é de 33,1%. Graças a aplicação da vacina antitetânica é possível controlar e diminuir os casos da doença. Ainda assim, é essencial aplicar todas as doses na infância e realizar o reforço da vacina a cada 10 anos para manter a imunização.

Para entender mais sobre a doença e como funciona a vacina antitetânica, continue a leitura deste artigo.

O que é o tétano?

A contaminação pelo tétano acontece quando a bactéria Clostridium tetani entra em contato com o organismo do indivíduo através de um corte ou ferimento e libera uma toxina. Essa substância afeta os nervos, causando fortes espasmos musculares.

A bactéria do tétano geralmente é encontrada no solo, poeira e esterco. A forma mais comum de contrair a doença é através de perfurações profundas causadas por objetos contaminados.

Geralmente, os sintomas começam a aparecer cerca de uma semana após a infecção. O sintoma mais comum é a mandíbula rígida, que pode ficar até paralisada. Outros sinais de tétano são:

  • Dor de cabeça;
  • Dificuldade para engolir;
  • Palpitações e pressão alta;
  • Espasmos musculares no rosto;
  • Rigidez muscular que começa na mandíbula, depois no pescoço, nos braços, nas pernas e abdome.  

Vacinas antitetânicas

A vacina antitetânica pode ser combinada com outras vacinas para obter proteção contra várias doenças em uma única injeção. As mais comuns são:

  • HEXAVALENTE e PENTAVALENTE: protegem contra difteria, tétano, coqueluche, hib, pólio e hepatite B. Geralmente a aplicação é realizada em bebês. Nas clínicas particulares são encontradas na forma ACELULAR diminuindo a probabilidade de reação devido à vacina não conter a célula inteira.
  • DTP e dTpa: protege contra difteria, tétano e coqueluche. Geralmente a aplicação é realizada em crianças; nas clínicas particulares você encontra a vacina ACELULAR.
  • ATT: imunização exclusivamente contra o tétano indicada para adultos.

Como e quando tomar a vacina

A vacina antitetânica é aplicada diretamente no músculo por um médico, enfermeiro ou profissional da área da saúde. O esquema de vacinação contra o tétano tem algumas indicações e particularidades.

Acompanhe:

Bebês e crianças

É recomendável a aplicação de três doses da vacina, sendo a primeira aos dois meses de idade, a segunda após quatro meses e a terceira após seis meses. Para manter a imunização contra o tétano, o reforço deve ser realizado aos 15meses e após nas crianças entre 11 e 12 anos de idade.

Adultos

A vacinação precisa ser reforçada a cada dez anos. Em clinicas particulares uma dose da DTPa é suficiente para a imunização. na rede pública, é recomendável receber três doses da vacina dT, .  A imunização só é efetivada após receber as três doses da vacina, portanto é essencial cumprir esse esquema de vacinação.

Reforço após ferimentos

Alguns tipos de ferimentos podem deixar o organismo mais suscetível ao tétano. Nesses casos é indicado tomar um reforço da vacina DTPa.

Alguns machucados de alto risco para o tétano são:

  • Queimaduras de segundo ou terceiro grau;
  • Perfurações com objetos como prego, madeira, agulha e vidro;
  • Ferimentos com tecido necrosado;
  • Mordidas de animais ou de pessoas.

Dúvidas frequentes sobre a vacina antitetânica

Grávidas podem ser vacinadas?

Sim. Todas as gestantes (apo´s a 27º semana gestacional) devem receber a vacina dTpa para se protegerem e também imunizar o feto. Essa vacina deve ser tomada a cada gestação e é fundamental para prevenir o tétano, difteria e coqueluche.

Quais os efeitos colaterais?

As reações causadas pela vacina antitetânica não são graves. Os efeitos mais comuns são dor e vermelhidão, febre, dor de cabeça, e cansaço.

A vacina antitetânica dói?

Como a aplicação da vacina é intramuscular é comum sentir uma dor no local da injeção.

A vacina é a única forma de evitar o tétano?

A vacinação diminui o risco de tétano, porém é preciso fazer a higienização do machucado com água e sabão e retirar objetos que tenham entrado na pele.

É importante observar se o objeto que causou o ferimento estava limpo ou sujo para analisar se é necessário tomar um reforço da vacina antitetânica.

Existe alguma contraindicação?

A vacina antitetânica não é recomendada apenas para pacientes que tenham alergia a algum componente da fórmula.

Para mais informações sobre a vacina antitetânica, entre em contato com a Prevenir e tentaremos solucionar todas  as dúvidas.


Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
Artigo anteriorPróximo artigo