fbpx
Telefone: (54) 3232-2779 Telefone: (54) 9 9191-8004
Endereço: Rua Pinheiro Machado, nº 719 - Sala 502 - Sarasvati - Vacaria/RS - 95200-000

Caxumba

O que é

A caxumba é uma doença causada pelo paramyxovirus da classe rubulavirus, um tipo de vírus que acomete caracteristicamente as glândulas parótidas, que são as maiores das três glândulas salivares e também nas glândulas submaxilares e sublinguais.

 

Causas

A transmissão da caxumba ocorre por meio do contato com a saliva de pessoas infectadas e a maior ocorrência da doença é no inverno e na primavera, período de temperaturas mais baixas. A incubação da doença varia de 12 a 25 dias e o período de transmissão dura de 16 a 18 dias. É importante destacar que a pessoa com caxumba é capaz de transmitir o vírus cerca de uma semana antes de aparecerem os sintomas e até nove dias depois destas manifestações. Assim, sugere-se que o paciente fique longe do trabalho ou da escola, uma vez que existe a possibilidade de contaminar outras pessoas.

 

Sintomas

Os principais sintomas da caxumba são: febre, dor na face, inchaço, dor na parótida e nas outras glândulas salivares infectadas (localizadas embaixo da mandíbula), inclusive, com aumento do volume dessas glândulas salivares. Ela também pode provocar dor no corpo e na cabeça.

Complicações mais graves são raras, mas podem ocorrer e exigem tratamento imediato, entre elas inflamação nos testículos (orquite), inflamação nos ovários (ooforite) em mulheres acima de 15 anos, inflamação do pâncreas (pancreatite) e inflamação que envolve cérebro e meninges (meningoencefalite).

 

Tratamento

Não existem drogas específicas contra a caxumba. A doença é autolimitada e o tratamento, sintomático com analgésicos, antitérmicos. O que se faz é aliviar os sintomas com anti-inflamatórios. São indicados repouso e a observação de possíveis complicações. No caso de inflamação nos testículos, o repouso e o uso de suspensório escrotal são fundamentais para o alívio da dor. O paciente deve permanecer em repouso enquanto durar a infecção.

 

Prevenção

A prevenção é feita com o uso de vacina produzida com o vírus vivo atenuado da doença. Em geral, está associada à época de vacinas contra sarampo e rubéola.

Existem duas vacinas que podem ser utilizadas, a Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e a Tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e catapora).

Está em dúvida? Fale conosco

Seu nome:*

Seu e-mail:*

Seu telefone:

Serviço:

Sua mensagem: